quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Indagações...


Ando por aí,
Sentindo a sua falta,
Ou pelo menos
A falta de algo que penso que conheci.
Não sei,
Não consigo deixar ainda de lembrar,
De pensar que encontrei você.
Por onde será que anda?
O que pode estar fazendo?
Será que realmente te encontrei?
Então por que foi embora?
A gente deixa de procurar,
Deixa de querer tanto,
A gente se silencia,
Para que a vida fale,
Para que o Amor traga,
Aquilo que for verdadeiro,
Aquilo que já está escrito.
Então, aquieta coração,
Saiba esperar na Soberania da vida.

Denise Carvalho (D. C.)





terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Prelúdio De Chuva...


Curioso como
Certos eventos da natureza
Podem nos remeter à pessoas
Ou situações da vida.
E isso me leva a refletir...
Ouvir um trovão
Parece que não mais assusta
A criança que existe em mim.
Ao contrário,
Ultimamente,
Quando começa a trovejar,
E eu escuto esse prelúdio de chuva,
Faço o que posso para assisti-la,
Sentir o cheiro de terra molhada,
Mesmo que seja só por alguns minutos.
E hoje ela estava tão serena,
Tão em paz,
Entre as esparsas nuvens.
Era possível ver os raios de sol por entre elas...
Brilhando...
Parece que até a chuva
Estava refletindo o meu interior,
Toda vez que espero e confio em Ti.

Denise Carvalho (D. C.)